Oradores Anteriores

António Dias de Figueiredo é professor catedrático aposentado do Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra e investigador do Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra (CISUC), onde se dedica à investigação em “Sistemas de Informação nas Organizações”, “TIC na Aprendizagem e na Educação”, “Estratégia e Qualidade na Educação Superior” e “Métodos de Investigação Qualitativa”. Exerce também atividade de consultoria em regime independente. É autor e coautor de mais de três centenas de artigos e apresentou cerca de quatro centenas de comunicações no País e no estrangeiro. Entre os seus capítulos em livros mais recentes, destacam-se “On the Historical Nature of Engineering Practice” (2013), “The Sustainability of e-Collaboration” (2008) e “Action Research and Design in Information Systems: Two Faces of a Single Coin” (2007). Integrou cerca de duas centenas de comissões organizadoras e comissões científicas de conferências realizadas em Portugal e no estrangeiro. É membro dos conselhos editoriais e consultivos do “International Journal of e-Collaboration”, da “Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão” e da revista “Educação, Formação & Tecnologias”.

A Investigação Qualitativa e os Desafios da Complexidade* [Descarregar apresentação]


MTAngueraM. Teresa Anguera Argilaga, é professora catedrática de Metodologia das Ciências do Comportamento da Faculdade de Psicologia da Universidade de Barcelona. É licenciada em Psicologia e em Direito e doutorada em Psicologia pela Universidade de Barcelona. As suas linhas de investigação são a metodologia observacional, a avaliação de programas de baixa intervenção e os métodos mistos de investigação. Coordenou 19 projectos de investigação competitivos comparticipados pela administração pública, assim como um Grupo de Investigação consolidado pela Generalitat de Catalunha. É autora ou co-autora de 34 livros, 119 capítulos de livros, 214 artigos e 414 comunicações. Orientou ou co-orientou 53 teses de doutoramento já defendidas. Tem 6 sexénios de investigação. É académica numerária da Real Academia de Doutores e membro correspondente da Real Academia de Medicina da Catalunha. No que concerne à gestão, foi Secretaria da Faculdade de Psicologia, Chefe de Estudos da Titulação de Psicologia, Directora do Departamento de Metodologia das Ciências do Comportamento, responsável da Secção de Investigação do Instituto de Ciências da Educação da Universidade de Barcelona, Vice Reitora de Política Científica da Universidade de Barcelona e Vice Reitora de Política Docente e Científica da Universidade de Barcelona.

Desde el relato cualitativo al análisis cuantitativo no convencional: Rigor en la extracción de patterns y estructuras en el microanálisis comunicativo* [Descarregar apresentação]


João Filipe Matos é Professor Catedrático no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa onde iniciou a sua atividade em 1983 e é investigador da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação. Com formação de base em Engenharia Mecânica  e em Matemática, conduziu durante 25 anos a sua atividade de investigação no domínio da educação matemática tendo sido presidente do International Group for the Psychology of Mathematics Education. A atividade de investigação atual desenha-se no quadro do projeto de investigação iTEC – Innovative Technologies for an Engaging Classroom e do projeto Future Teacher Education Lab (http://ftelab.ie.ulisboa.pt). Coordena o E-learning Lab da Universidade de Lisboa (http://elearninglab.ulisboa.pt) e é diretor do programa de doutoramento FCT Technology Enhanced Learning and Societal Challenges (http://telsc.ie.ulisboa.pt) tendo lecionado unidades curriculares de metodologias de investigação qualitativa em cursos de pós-graduação nas Universidades de Lisboa, Madeira, Açores, Cabo Verde e Macau. Foi diretor da Revista de Educação e é atualmente membro da direção da Revista Sisyphus Journal of Education. (idioma da palestra: Português)

NachoJosé Ignacio Rivas Flores, é professor catedrático do Departamento de Didáctica e Organização Escolar da Universidade de Málaga, onde iniciou a sua actividade em 1985. Desde que concluiu a tese de doutoramento, a sua investigação orientou-se em relação aos métodos quantitativo e etnográfico, confluindo nos últimos vinte anos na investigação biográfica e narrativa. Desde 1995 coordena o grupo de investigação ProCie (código HUM619, do plano de Investigação de Andaluzia). A orientação da sua investigação centra-se em três linhas: por um lado, mantém o foco sobre a organização das instituições educativas, por outro, inicia o interesse pelo desenvolvimento profissional dos professores, especialmente a partir da sua cultura profissional e, por último, no campo da política educativa. Participou em cursos e seminários de pós graduação e de formação de professores sobre esta temática, tanto em Espanha como na América Latina e Roménia. Durante toda a sua trajectória universitária de docência permaneceu ligado a disciplinas de organização escolar e, desde a criação da licenciatura de Psicopedagogia, ao desenvolvimento profissional dos professores. No doutoramento, além de materiais relacionados com estes campos, manteve uma presença constante nas disciplinas de metodologia da investigação qualitativa. (idioma da palestra: español)

ChristinaChristina Silver, PhD, is Research Fellow in the Department of Sociology at the University of Surrey, Guildford, UK where she leads the training and capacity-building activities of the CAQDAS Networking Project.
The project provides information, advice and training in a range of software packages designed to facilitate the analysis of qualitative and mixed data. Christina also co-directs the department’s Day Courses in Social Research programme which provides qualitative and quantitative methods training, and is co-founder of Qualitative Data Analysis Services (QDAS) http://www.qdaservices.co.uk/ which provides customised consultancy services for individuals and groups engaged in data analysis. Christina’s particular interests relate to the relationship between technology and methodology and the teaching of computer-assisted analysis. She has experience in using many different CAQDAS packages (including ATLAS.ti, MAXQDA, NVivo, Transana and QDA Miner) for a range of project types, across academic disciplines, and in applied, government and commercial contexts. Over the past 20 years Christina has trained and supported thousands of researchers around the world, focussing on harnessing CAQDAS powerfully, whatever the methodology. Recent publications include the following: